A HISTÓRIA POR TRÁS DO NOSSO DIA DOS PAIS

Igor Morais brincando com seu filho, Vittorio. Ele veste camiseta Logo azul.

COMO É SEMANA DO DIA DOS PAIS, VOCÊ DEVE ESTAR EXPERIMENTANDO UM DILÚVIO DE FOTOS E VÍDEOS DE PAIS E FILHOS POR TODA A WEB. PARA CELEBRAR ESSE DIA TAMBÉM POSTAMOS UMA FOTOGRAFIA DE PAI E FILHO. MAS ESSA IMAGEM NÃO É APENAS UMA FOTO, RESOLVI DIVIDIR COM VOCÊS TAMBÉM O PESO QUE ELA CARREGA: O SIGNIFICADO DA MINHA VIDA COMO PAI.

O SONHO DE SER PAI SEMPRE ESTEVE PRESENTE NA MINHA CABEÇA: SENTAR NO OUTSIDE COM O MEU PARCEIRO, OU PARCEIRA, E PEGAR ONDA. ME ENCANTAVA VER OS MEUS AMIGOS E SEUS PAIS OU FILHOS SURFANDO, JUNTAMENTE COM TUDO O QUE ESSE MOMENTO REPRESENTA: RIR, TOMAR SOL, RESPIRAR AR PURO, MERGULHAR, SENTIR O BALANÇO DA ONDA E, O MELHOR DE TUDO, VER A MINHA CRIA GOSTAR DO ESPORTE. PARA QUEM TEVE UMA CARREIRA DE ATLETA NÃO TEM COMO NÃO SONHAR COM ISSO, POR MAIS QUE A GENTE SE CONTROLE.

PORÉM, PARA QUE ESSE DIA SE REALIZE, MERGULHEI EM UMA JORNADA QUE NUNCA IMAGINARIA. AO TODO, FORAM MAIS DE DUAS DÉCADAS MORANDO NA PRAIA. VIVI NA PRAIA DA BALEIA, LITORAL NORTE DE SÃO PAULO, ONDE COMECEI A PEGAR MINHAS PRIMEIRAS ONDAS. E, AOS 12 ANOS, FUI PARA MARESIAS, LUGAR QUE TRILHOU O MEU CAMINHO COMO SURFISTA PROFISSIONAL, BREVEMENTE COMO COMPETIDOR E, DEPOIS, COMO FREESURFER.

APÓS ANOS VIAJANDO O MUNDO, CONHECENDO LUGARES, CULTURAS, IDIOMAS E TODAS AS OUTRAS COISAS QUE SÓ SE APRENDE AO VIAJAR, AOS 28 ANOS MINHA CARREIRA CHEGOU AO FIM. O MERCADO DO SURF NÃO DESEMPENHAVA TÃO BEM E AS MARCAS MUDARAM O FOCO DO CORE DO ESPORTE PARA O MAINSTREAM. CONSEGUI ME “ARRASTAR” NESSAS POR MAIS DOIS ANOS, MAS A “ FALTA DE GRANA” EMPACA QUALQUER UM.

DESANIMADO, TOMEI UMA GRANDE DECISÃO: DESENCANAR DE VEZ DA CARREIRA PROFISSIONAL. NÃO SABIA MAIS O QUE FAZER A PARTIR DALI. E FOI ENTÃO QUE A IMAGEM QUE EU TANTO SONHAVA VEIO NA MINHA CABEÇA MAIS NÍTIDA DO QUE NUNCA: MEU FILHO EM PÉ NA PRANCHA DE SURF.

E ASSIM, A PARTIR DAQUELA SEMENTE, TUDO O QUE ESTAVA EMBAÇADO COMEÇOU A FLUIR. EU E MINHA MULHER FORMARÍAMOS UMA PESSOA MELHOR PARA O MUNDO. MAS QUEM, EM SÃ CONSCIÊNCIA, DESEMPREGADO E AINDA JOVEM SE AVENTURARIA EM SER PAI? EU!

COM A CHEGADA DO VITTORIO, DESENTERREI A IDEIA DA  MARCA DE SURF QUE CRIEI NOS ÚLTIMOS ANOS AINDA COMO SURFISTA PROFESSIONAL, UMA MARCA QUE  FUGISSE UM POUCO DO SISTEMA DA CULTURA DE MASSA. INPIRADO PELOS MAIORES EMPRESÁRIOS DO SURF PAULISTA, COM QUEM CONVIVI EM MARESIAS DURANTE TODA A MINHA INFÂNCIA, E POR TODAS AS HISTÓRIAS QUE ME CONTAVAM SOBRE O MERCADO, LÁ FUI EU PARA SÃO PAULO.

EU JÁ TINHA IDO PARA SÃO PAULO MUITAS VEZES. O QUE PODERIA SER DIFERENTE AO MORAR LÁ? A RESPOSTA VEIO COMO UM TORNADO: TUDO! A CIDADE É MALUCA. TRÂNSITO TODOS OS DIAS, UMA TAREFA ATRÁS DA OUTRA, ISSO AQUI NUNCA PARA, COISAS ACONTECEM A MILHÃO, ERROS E FRUSTRAÇÕES SÃO QUASE PARTE DA MINHA ROTINA. SENTAR NO MEIO DO DIA E PENSAR NA VIDA FICOU TÃO DISTANTE QUE SINTO SAUDADES DA PRAIA, CONSTANTEMENTE.

E, PORQUE SERÁ QUE NAQUELA MINHA IMAGEM MARAVILHOSA DA PATERNIDADE NUNCA VIERAM UNS FLASHES DE NOITES ACORDADO, TROCANDO FRALDAS E FAZENDO UM TESTE DE PACIÊNCIA 24 HORAS POR DIA? O GAROTO TEM A ENERGIA DE UM FURACÃO E, CONFESSO, QUE AS VEZES NÃO DOU CONTA.

MAS, QUANDO ACORDO TODOS OS DIAS, E VEJO A CARINHA DO VITTORIO, HOJE COM 2 ANOS E MEIO, ME DANDO BOM DIA COM UM SORRISO NO ROSTO TUDO O QUE É DIFÍCIL SE TORNA ACEITÁVEL (NEM QUE SEJA POR APENAS ALGUNS SEGUNDOS).

HOJE DIVIDO O TEMPO ENTRE MINHAS GRANDES PAIXÕES: SURFAR, MEU TRABALHO QUE EU ACREDITO QUE REPRESENTA MUITA GENTE E A MAIOR DE TODAS AS AVENTURAS, CRIAR O VITTO. ELE PARTICIPA DE TODOS OS PROCESSOS NA MARCA, RECONHECIA O NOSSO LOGO NOS ADESIVOS COLADOS EM LUGARES DESDE QUE TINHA POUCO MAIS DE UM ANO. ELE É A MINHA MAIOR MOTIVAÇÃO, ELE FAZ PARTE DA MARCA.

NA DANÇA DAS CADEIRAS, O SURFE FICOU EM 3º LUGAR, INFELIZMENTE, MAS ME ANIMO EM VER QUE A NORTH SHORE RIDERS CRESCE A CADA DIA AO REDOR DE PESSOAS QUE ACREDITAM QUE ESSE CLUBE VAI DAR CERTO, PESSOAS QUE TAMBÉM VALORIZAM A FAMÍLIA E UM DIA ESTARÃO COMIGO E O VITTO NO OUTSIDE, DIVIDINDO OS TUBOS DE MARESIAS E DO MUNDO.

ABS,

Assinatura Igor Morais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *